Siew Mai - Dim Sum ao vapor preparados com corte nobre de porco. (Foto: Raphael Medeiros)

Restaurante Mandarim abre as portas no Jockey

O Jockey Club Brasileiro ganhou um novo espaço com sabores orientais, na Gávea. Idealizado pelo empresário Alexandre Trotta, o Mandarim chega ao Rio de Janeiro com menu elaborado a seis mãos.

Os chefs escolhidos para a empreitada são Leandro Mendes, que trabalhou ao lado do renomado chef Nao Hara por cinco anos, Ana Clara Richard, ex-chef do Anavilhanas Jungle Lodge, eleito um dos 100 melhores hotéis do mundo pelo Guia Fodor’s, e Thiago Ferrer, que trabalhou como confeiteiro no Mee, restaurante uma estrela Michelin.

Chefs do Mandarim. (Foto: Raphael Medeiros)

Os chefs elaboraram juntos um cardápio criativo e ousado, que passeia pelo Oriente e Ocidente, com cheiros, cores, texturas, temperaturas e gostos novos e contrastantes. Os pratos misturam peixe com mousse de abacate e ovas, atum com quinoa crocante e massa italiana com ragu de carne na cerveja belga. A proposta do restaurante é oferecer uma gastronomia afetiva, que desperte os sentidos e proporcione momentos únicos de prazer à mesa.

Peixe branco com pad thai. (Foto: Raphael Medeiros)

A carta de coquetéis exclusivos do Mandarim é uma viagem histórica pelas tradições das civilizações orientais antigas, berço das especiarias e das bebidas alcoólicas. Uma verdadeira alquimia de aromas, texturas e sabores em criações autorais e clássicos da coquetelaria assinados pelo mixologista Renato Tavares, eleito o terceiro melhor bartender do país pelo World Class Competition, maior campeonato de coquetelaria do mundo. Destaque para os drinks Assírios, que leva uísque americano com aroma de bacon, alga nori, vinho Jerez, especiarias, e defumação em macieira; Egípicios, com vodka holandesa, tamarindo, mel de abelha Jataí, bitter de lúpulo e espuma de gengibre; e o menu de coquetéis Tiki, nascidos nos anos 30 nos EUA, que remetem à atmosfera tropical do Caribe e da Polinésia, servidos em copos da cultura Tiki.

Restaurante Mandarim (Foto: Raphael Medeiros)

O ambiente também foi totalmente projetado para estimular os sentidos. A decoração do amplo salão climatizado vai fazer com que os frequentadores relaxem e se sintam num pedaço da Ásia. Já na varanda, a vista das mesas é para a área verde e para os cavalos de corrida que eventualmente passeiam de um lado para o outro. A área externa também possui espaço infantil. Seguindo todos os protocolos da Vigilância Sanitária, o estabelecimento irá trabalhar com 50% da sua capacidade, por conta da pandemia.

Serviço
Restaurante Mandarim
Endereço: Praça Santos Dumont, nº 31, Gávea, Rio de Janeiro, RJ (Jockey Club Brasileiro)
Reservas: (21) 97429-3901, Dias e horários de funcionamento: Segunda e terça: das 16h à 0h / Quarta a sexta: das 18h às 2h. Sábado e feriados: das 12h às 2h. Domingo: das 12h às 20h.
Aceita todos os cartões de crédito. Acessibilidade para deficientes. Estacionamento para clientes,
Capacidade: 180 pessoas.

1 thought on “Restaurante Mandarim abre as portas no Jockey

  1. Ufa consegui achar o artigo que estava precisando e
    poucos conseguem ter essa informação correta e
    relevante. Obrigado e vou compartilhar no meu twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *