Imagem de Jerzy Górecki por Pixabay.

Aprenda a hidratar a pele em tempo seco

Os últimos dias estão sendo marcados por baixa umidade e aumento na temperatura na maior parte do país. Com essa secura, há uma diminuição na transpiração corporal que deixa a pele mais fina e mais seca, e este é o momento em que problemas cutâneos podem começar a aparecer. Por isso, a médica Adriana Vilarinho, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD), reforça os cuidados de proteção com a pele.

“Alguns tipos de dermatite – atópica, asteatose, psoríase e ictiose – podem se agravar com a baixa umidade. Por isso, é preciso estar atento a hábitos simples que podem evitar complicações”, avisa a médica.

Adriana fala que, além da hidratação oral pela ingestão de água, é importante hidratar o corpo. “Pessoas com pele mais sensível, que tenham doenças de pele ou pré-disposição a desenvolvê-las também podem ter agravamento de sintomas durante o clima seco. A ingestão de água e uso de hidratantes corporais é indispensável. O hidratante não pode faltar no tratamento da pele, mesmo que seja necessário utiliza-lo várias vezes ao dia”, ressalta.

Para os idosos, a necessidade da hidratação corporal é ainda maior, já que pela idade avançada, a tendência a perder a oleosidade da pele aumenta o ressecamento.

Adriana ainda separou algumas dicas importantes para adotar nesses dias:

– ingestão de, pelo menos, 2 litros de água por dia;

– uso hidratante corporal todos os dias, principalmente após o banho;

– evitar coçar a pele, que naturalmente vai coçar pelo ressecamento, pois isso pode causar inflamações ou até mesmo infecções;

– evitar banhos demorados e com água muito quente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *