Imagem de Engin Akyurt por Pixabay.

Descubra o que é intradermoterapia

O mundo da estética está sempre se renovando e lançando cada vez mais produtos e procedimentos eficazes para melhorar a aparência. A bola da vez é a intradermoterapia, indicada para tratar celulite, gordura localizada e flacidez. A técnica é simples: basta aplicar o medicamento na derme ou no tecido subcutâneo através de uma agulha, de forma indolor.

Para esclarecer os benefícios do procedimento, conversamos com a médica especialista em estética Patrícia Ludwig. Confira.

1. O que é a intradermoterapia?

A intradermoterapia pressurizada é um procedimento minimamente invasivo, baseado na aplicação de enzimas diretamente no local a ser tratado, feito por um aparelho de injeção sem agulhas.

2. Para que serve?

O tratamento é utilizado para tratar celulite, gordura localizada e flacidez. Também pode ser uma forma de correção de lipo de papada e para fazer preenchimento labial.

3. Quais são os benefícios/resultados esperados?

No rosto, além de reduzir a papada e preencher áreas da face, deixa a pele hidratada e macia, com aspecto mais jovial. Os resultados podem ser vistos logo após a primeira sessão, porém, são progressivos, à medida que as sessões são realizadas.

4. Para quais pessoas a técnica é indicada? Existem contraindicações?

Para todos os tipos de pessoas, em especial aquelas que têm vontade de fazer um procedimento estético facial e tem medo de agulhas.

5. Após o procedimento, é necessário ter cuidados?

Não é necessário fazer repouso, porém, é extremamente importante que a pessoa não se exponha ao sol nos primeiros dias, e, caso o faça, use um protetor solar com alta proteção.

6. A técnica traz algum efeito colateral para o paciente?

No geral, não existem efeitos colaterais. Em alguns casos, pode aparecer um pequeno hematoma.

Leia:

Outono: está aberta a temporada dos peelings

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *