Imagem de StockSnap por Pixabay.

Como evitar a queda de cabelos na pandemia?

A queda acentuada dos fios tem sido uma das queixas mais recorrentes na quarentena que já completa um ano para os brasileiros. De fundo emocional ou até genético, o problema pode ser desencadeado por diversos fatores e merece uma investigação médica criteriosa por dermatologistas. Mas, com a abordagem precoce e os diversos tratamentos disponíveis em consultório, é possível frear essa queda e estimular o nascimento de novos fios.

“Nossos fios e couro cabeludo sofreram muito no último ano. A queda de cabelos foi a queixa campeã de reclamações no consultório por conta, principalmente, do estresse provocado pela pandemia. O problema também tem sido comum em pacientes pós-Covid, devido ao processo febril e infeccioso da doença. Além disso, muitas pessoas apresentaram uma piora em quadros de dermatite seborreica, com coceira, descamação e feridinhas no couro cabeludo, entre outras queixas dermatológicas. É fato que essas alterações afetam a nossa pele e contribuem para que os fios entrem precocemente na fase telógena, que é quando se desprendem dos folículos e caem”, explica Danielle Aguiar, chefe do Centro de Tratamento Capilar Paula Bellotti, no Rio de Janeiro.

Segundo a dermatologista, existe uma enorme variedade de alopecias (androgenética, areata, de tração, fibrosante frontal, entre outras) e de fatores que podem desencadear um processo de queda. Por isso, somente um especialista é capaz de fazer o diagnóstico correto, através da avaliação criteriosa do paciente, de exames laboratoriais, clínicos e de imagem diagnóstica. “O primeiro passo para o sucesso de qualquer tratamento é identificar a origem do problema: se é uma queda passageira, uma queda associada a algum problema infeccioso, inflamatório, genético, hormonal, ou ainda de origem nutricional, emocional ou medicamentosa. São muitas questões a serem investigadas e, por isso, a visão do especialista é tão valiosa e necessária”, ressalta a médica membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Dentre as novidades de tratamentos, Danielle gosta de associar os tratamentos domiciliares com os procedimentos em consultório. Os lasers de baixa intensidade, os lasers fracionados, o LED e o microagulhamento robótico são muito interessantes e potencializam a ação de ativos importantes para frear a queda. A escolha dessas substâncias também é feita de forma personalizada, já que os circuitos e protocolos são desenvolvidos de acordo com as necessidades de cada paciente. A intradermoterapia e o plasma rico em plaquetas (PRP) também são exemplos de tratamentos de ponta. Para o tratamento tópico, a dermatologista cita a importância do uso do Minoxidil. “O ativo é considerado padrão-ouro no tratamento da queda dos fios e deve ser sempre prescrito por dermatologista”.

A expressão “você é o que você come” também vale para os cabelos. Uma boa alimentação é a base de tudo e a ingestão de vitaminas deve ser adjuvante no tratamento e cabe ao dermatologista avaliar se o paciente tem alguma carência e, quando necessário, prescrevê-las em doses de reposição ou em doses baixas, através dos nutracêuticos. A bola da vez são substancias como o keranat e o óleo de borragem.

Quanto mais cedo o paciente procurar um dermatologista e iniciar o tratamento, melhor, pois um couro cabeludo livre de inflamações é sinônimo de cabelos também mais saudáveis.

Alguns produtos podem ajudar a resolver o problema. Confira.

Foto: Divulgação

Semblé Fort concentra ativos naturais em uma potente fórmula oral, fortalecendo os fios e evitando a queda, além de também fortalecer as unhas. Com o exclusivo Óleo de Borragem, extraído de uma flor de origem mediterrânea, Semblé Fort possui ativos que agem na raiz do cabelo, fortalecendo o couro e os fios e evitando a queda. A sinergia de seus ativos confere a Semblé propriedades que tornam sua fórmula única no fortalecimento do cabelo e unhas.

Preço sugerido: R$ 129,90

Foto: Divulgação

Zetar Anticaspa Shampoo Diário é indicado para a caspa leve a moderada. Limpa e controla e oleosidade, preservando a hidratação natural dos fios, com alívio da coceira e descamação. Sua fórmula à base de Aminoácidos + Zinco reduz e controla a oleosidade; o ativo Climbazol combate o fungo causador da caspa e a Niacinamida promove ação calmante e anti-irritante. É indicado para todos os tipos de couro cabeludo, inclusive os sensíveis.

Preço sugerido: R$ 72,00 (200ml)


Zetar Anticaspa Shampoo Intensivo combate a coceira e a descamação intensivas limpando profundamente com controle de oleosidade e preservando a hidratação natural dos fios. O Ácido Salicílico estimula a renovação celular, combatendo a descamação intensiva. Já o ativo Climbazol combate o fungo causador da caspa, enquanto a Niacinamida promove ação calmante e anti-irritante. É indicado para todos os tipos de couro cabeludo, inclusive os sensíveis.

Preço sugerido: R$ 83,80 (200ml)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *