Foto: Pixabay

Saiba tudo sobre o boom boost, tendência para o verão

Revolucionando a parte mais sensual do corpo feminino, uma formulação original de bioestimuladores, ácido hialurônico e aminoácidos em concentrações elevadas vem com tudo para o verão 2022. É o Boom Boost, um protocolo desenvolvido pelos médicos e Patricia Cavalcante, da Clínica Horaios, em São Paulo. “Cada paciente tem resposta individualizada ao tratamento, mas chegou-se a aumentar aproximadamente 20% do volume glúteo, com redução intensa da flacidez e da celulite. O resultado pode ser visto em uma sessão e atinge o ápice em três meses”, conta o dermatologista Igor Manhães.

A necessidade de nova sessão é relativa, mas quem quiser mais volume e rigidez pode se submeter a aplicações em quantidades menores após 18 meses do tratamento, já que a inicial comporta grande volume. Orienta-se não realizar exercícios de membros inferiores por três dias nem fazer massagens na área por um mês. O tratamento não é indicado para quem já fez preenchimentos locais prévios de silicone, polimetilmetacrilato e substâncias não identificadas.

Quer saber quais são os principais recomendações para este procedimento estético e quais são as formas de deixar o seu corpo no ponto para o próximo verão? Veja as dicas que o dermatologista passou pra gente.

1- Mantenha a pele sempre hidratada. Os glúteos são áreas frequentemente distensíveis devido ao aumento e redução de volume causando estrias. A pele hidratada previne as fraturas de pele que resulta nas estrias.

2- Bumbum na nuca: a musculação ou o tratamento com campos eletromagnéticos que levam à hipertrofia dos músculos, compõem o “recheio” do bumbum.

3- Os tratamentos com injetáveis, principalmente bioestimuladores de colágeno, reduzem muito a flacidez. São necessárias algumas sessões, então o tratamento já deve ser iniciado alguns meses antes do verão.

4- Redução de flacidez: com associação aos bioestimuladores, indica-se protocolos relacionados à radiofrequência, ultrassom micro/macrofocado e laser erbium (robot lifting).

5- Sem diminuir o tamanho do bumbum, algumas áreas inestéticas podem precisar ser tratadas para reduzir a gordura. Culotes e as temidas “bananinhas” abaixo do bumbum podem ser tratadas com os emptyers (lipólise enzimática) e coolsculpting (criolipólise).

6- Celulite e estrias. Antigamente tão difíceis de eliminar, hoje tem ótimos resultados com radiofrequência microagulhada e lasers ablativos.

IGOR MANHÃES

Igor Manhães (Foto: Divulgação)

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2013, o Dr. Igor Manhães é dermatologista na Clínica Les Peaux, especialista em procedimentos injetáveis, como a toxina botulínica, preenchimento com ácido hialurônico e bioestimuladores de colágeno. Ele tem também experiência nas áreas de cosmiatria com lasers e tratamentos corporais, como também em dermatologia clínica geral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *