Flapper (Foto: Divulgação)

Empresa faz voos especiais de R$1 mi na pandemia

A chegada da pandemia mudou muitos hábitos e um deles, sem dúvida, foi o de viajar. Isso porque as fronteiras dos principais países do mundo foram bloqueadas, para evitar a propagação da Covid-19. No entanto, existe a opção de fretar um avião para o exterior e viajar com segurança e, claro, muito luxo. Os voos podem custar entre R$ 85.000 e R$ 1 milhão, ou mais. Segurança durante o voo, permissões internacionais e conforto de cabine são alguns aspectos nessa categoria. Além disso, tem aeronaves que permitem trajetos sem escala quando tem número limitado de passageiros.

Flapper (Foto: Divulgação)

Segundo Paul Malicki, CEO da Flapper, primeira empresa de aviação executiva sob demanda do Brasil, o trâmite para entrar no país é feito através da solicitação direta para as embaixadas. “Como voos comerciais não estavam sendo operados pelas companhias aéreas, o mercado de jatos executivos acabou absorvendo essa demanda e hoje é uma realidade cada vez mais frequente. É importante observar que nos últimos anos o que mudou é que temos muitos aviões para voos ultra continental, o que nos permite atender esse público”, explica o executivo.

Entre os destinos preferidos dos brasileiros estão Inglaterra, Portugal e Suíça. E quem decide ir para esses destinos fretando um avião, o conforto é essencial. Entre as opções disponíveis para fretamento na frota parceira da Flapper, alguns modelos se destacam no quesito luxo. Entre os modelos mais escolhidos para voos internacionais, está a aeronave Praetor 600, que possui assentos sofisticados que podem girar e se transformar em camas, é equipada com mesas espaçosas, têm as maiores janelas da sua categoria, proporcionando luz natural abundante e ainda, um fator relevante é que, dependendo do local de destino, a aeronave realiza o trajeto sem escalas.

Flapper (Foto: Divulgação)

Outra opção é o Global Express. Segundo Paul, a aeronave revolucionou o mercado dos modelos de ultra longo alcance por ter a mais confortável cabine da categoria.

“Além desses, outro excelente jato é o Gulfstream GV, que une luxo e produtividade. Essa aeronave possui quatro ambientes distintos e capacidade para até 14 passageiros. Algumas das features inclusas são lavatório fechado, sistema de entretenimento e centro de bebidas”, conta ele.

Flapper (Foto: Divulgação)

No mercado de aeronaves, a Falcon 7X é conhecida por sua elegância do nariz à cauda, ​além de apresentar eficiência e desempenho. É considerado o jato executivo tecnologicamente mais avançado do mundo.

“Além de sofisticação e conforto, a aviação executiva é a melhor alternativa para quem precisa viajar seguindo os protocolos de segurança, isso porque o número de pessoas é menor e o sistema de circulação de ar é 20 vezes mais eficiente do que de um avião comercial. Com isso, o passageiro se expõe 30 vezes menos ao vírus. Fretar um voo internacional pode ser caro, mas se tornou um artigo de luxo importante para quem quer viajar a negócios e também a lazer”, finaliza.

 

Leia: Programa oferece visto de um ano para home office nas ilhas das Bahamas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *