Duo Alicides Sotello - Paraguai (Foto: Divulgação)

15/1 – XVI RioHarpFestival ganha nova edição virtual

Em janeiro de 2021, o Rio de Janeiro volta a ser a capital mundial das harpas, mas desta vez será uma versão latino-
americana destacando harpistas latino-americanos. Nem mesmo a pandemia do novo coronavírus no mundo impediu que o XV RioHarpFestival fosse realizado em 2020. E o seu sucesso de crítica, mídia e público fez com que o festival tenha continuidade, em 2021. Graças à Lei Aldir Blanc, o XVI RioHarpFestival versão latino-americana Virtual acontecerá até o dia 8 de fevereiro, mas tendo como foco os harpistas do nosso continente.

A ideia é que havendo uma evolução positiva da situação no país e no mundo, a edição completa possa voltar a ser feita ainda em 2021, incorporando harpistas do mundo todo. Esta versão virtual e compacta servirá de abertura e manutenção do evento, mas destacando os harpistas latino-americanos. Além do Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Colômbia, Venezuela, Peru, Equador e México estarão representados no festival.

Serão 15 músicos de 9 países, incluindo importantes artistas brasileiros e orquestras de projetos sociais. Apoiado pela Lei Aldyr Blanc da Secretaria Estadual de Cultura e Economia criativa, o evento está inserido no projeto “Música no Museu”, que em 24 anos de atividades ininterruptas de janeiro a dezembro de cada ano atinge o Brasil de norte a sul, além de sua vertente internacional, e há 16 anos dedica um mês à harpa.

Serviço

De 15 de janeiro a 8 de fevereiro, às 13h.

Transmissões através das redes sociais Cedro Rosa:
. Cedro Rosa Youtube
https://www.youtube.com/channel/UC25sT7ofudoMWTDOx5T2DdQ
. Cedro Rosa Facebook
https://www.facebook.com/cedrorosadigital.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *