Árvore do Rockefeller Center: 23 metros de altura, 50 mil luzes de LED e estrela Swarovski com 3 milhões de cristais. Foto: divulgação

Cerca de 800 mil pessoas devem assistir diariamente ao espetáculo da tradicional árvore de Natal do Rockefeller Center, em Nova York, que este ano tem 12 toneladas, quase 23 metros de altura e 15 de largura. Ela está envolta em mais de 50 mil luzes de LED coloridas e leva no topo uma deslumbrante estrela de cristal Swarovski, feita pelo renomado arquiteto Daniel Libeskind.    

A estrela desta temporada foi produzida com mais de 3 milhões de cristais, tem cerca de 2 metros de diâmetro e pesa 408 kg. É a primeira releitura da estrela de 2004, ano de estreia da parceria da marca com o sócio do Rockefeller Center, Tishman Speyer. 

As luzes de LED da árvore estão amarradas em 8 km de cabos e, segundo a organização, usam apenas uma fração da energia que antes era necessária, reduzindo o consumo de energia de 3,510 kwH para 1,297 kwH por dia. Esse tipo de luz foi introduzida em 2007 e traz centenas de painéis solares colocados nos topos dos prédios do Rockefeller Center para ajudar a acendê-las.

Detalhe da estrela assinada pelo renomado arquiteto Daniel Libeskind. Foto: divulgação

Libeskind também projetou uma pop up da Swarovski, em formato de estrela, para o Rockefeller Plaza. Batizada de Star Boutique, abriga, além de joias da label, uma coleção exclusiva de peças para presentear durante as festas feita pelo próprio arquiteto para o Atelier Swarovski Home.

O público pode ver a árvore acesa todos os dias, das 5h30 às 23h30, durante o Natal e das 5h30 às 21h na noite de Ano Novo. A iluminação fica em cartaz até o dia 7 de janeiro de 2019.