W South Beach é um dos centros de ações da Art Basel de Miami. Foto: divulgação

Começa nesta quinta (6) em Miami a nova edição da Art Basel, considerada a maior feira de arte dos Estados Unidos. Galerias, ruas e centros de exposições da cidade recebem uma intensa programação de mostras, instalações e performances. Entre estes espaços artsy está o hotel W South Beach, que abriga até domingo (9) obras de artistas como o argentino Tomás Saraceno e o italiano Quayola.

Saraceno é conhecido por suas instalações interativas em grande escala e esculturas flutuantes e, no hotel, apresenta trabalhos que propõem ao espectador explorar novas formas sustentáveis de "viver e sentir o meio ambiente", como diz o artista. Já o italiano Quayola explora fotografia, geometria, esculturas digitais baseadas em tempo e imersivas com instalações audiovisuais e performances. Através desses meios, ele sugere discussões entre o real e o artificial, o figurativo e o abstrato, e o velho e o novo.

Para quem curte arte com interferências high-tech, o W South Beach recebe ainda o espaço de arte digital Artechouse. As grandes atrações são os designers e coreógrafos franceses Adrien M e Claire B, que exibem sua cultuada instalação "XYZT".

Adrien Mondot e Claire Bardainne apresentam no hotel a mostra 'XYZT'. Foto: divulgação