Novos iPhones da Apple (Foto: Apple / Divulgação)

Na tarde desta terça (10), a Apple transmitiu sua conferência anual para apresentar ao grande público os seus próximos lançamentos e confirmou a chegada de três smartphones: iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone Max.

iPhone 11

O iPhone 11 vem com a missão de substituir o iPhone XR. O dispositivo de 6,1" é o único com tela LCD e possui duas câmeras traseiras, com dois sensores de 12 MP, que permitem tirar fotos amplas e com mais detalhes das paisagens ou utilizar zoom óptico para capturar detalhes. A Apple também anunciou a função Modo Noturno neste dispositivo, ideal para fotos durante a noite.

iPhone 11 Pro e 11 Pro Max

Esses modelos são considerados os smartphones mais potentes já produzidos pela Apple e vêm com o objetivo de substituir a dupla Xs e Xs Max. Eles possuem tela Retina XDR (5,8" e 6,5") e os vidros são mais resistentes. 

As câmeras traseiras desses aparelhos são triplas, incluindo uma wide, outra ultrawide e uma terceira telefoto, com lentes de 12 MP. Todos os sensores trabalham juntos para um nível profissional de fotografia que inclui zoom óptico de 4x e permite ao usuário obter várias perspectivas de uma mesma cena. A gravação de vídeos pelas lentes dos iPhones Xs e Xs Max terá qualidade 4k em 60 fps. 

Os preços iniciais de venda também foram revelados. O iPhone 11 vai custar a partir de US$699, nas cores preto, verde, amarelo, roxo, vermelho e branco, nas capacidades de 64 GB, 128 GB e 256 GB.

O iPhone 11 Pro sairá por US$999 e o iPhone 11 Pro Max estará nas vitrines por US$1.099, ambos com versões de 64 GB, 256 GB e 512 GB. As cores disponíveis para os dois smartphones serão midnight gray, space gray, prata e dourada.

O lançamento oficial será no dia 20 de setembro, com possibilidade de compra através de pré-venda, a partir desta sexta (13).