Helena Lunardelli, do FHits, veste BG no ançamento da coleção em Paris, no Café de Flore. Foto: divulgação

Vizinhança nobre parisiense por onde circulam intelectuais e artistas, Saint-Germain-des-Prés ambienta a nova coleção de Bianca Gibbon, em uma ode ao bairro que foi quintal de lendas como Picasso e Jean-Paul Sartre. Batizada de Promenade St. Germain, a linha criada para a estação fria tem uma pitada rocker e boêmia, tipicamente francesa, e após seu lançamento no histórico Café de Flore, na esquina do Boulevard Saint-Germain com a rua Saint-Benoît, chega à loja de Ipanema e ao e-commerce da marca.   

O uso do couro em jaquetas perfectos e a cartela de cores, com predominância do preto, vermelho e cinza, constroem a cena rock'n'roll. Os tons aparecem em peças lisas ou estampadas por onças, cobras, listras, xadrezes e poás. O azul pastel também marca presença em vestidos fluidos longos e mídis, como os que têm padronagem exclusiva de miguê, a flor preferida de Christian Dior, segundo a designer.

O inverno boêmio e rocker da BG. Foto: divulgação

Apesar da forte referência roqueira, a alfaiataria imprime allure à coleção por meio de tailleurs de tweed, maxi-coletes e de ternos oversizeds. Para aquecer os dias mais frescos, o tricô surge em pools de gola rolê, maxi-cardigãs, calças e saias mídis.

Bianca conta que a trama é uma homenagem à estilista francesa Sonia Rykiel, que sempre a usava em suas criações. 

O inverno boêmio e rocker da BG. Foto: divulgação