Os acessórios têm sido os grandes protagonistas dos looks de carnaval, cheios de personalidade e cor. No Rio, a Obra Ipanema (21 3594-8626) aposta em criações exclusivas artesanais, com destaque para as obras de Carlos Penna, que investe em maxi peças feitas de materiais como pena e strass.

Brincos de Carlos Penna para Obra Ipanema. Foto: divulgação

O Shop dos Cristais vem para a folia com peças que também funcionam como patuás. Os adereços de cabeça foram desenvolvidos com plumas e também pedras, como cristais e ágatas, para dar aquela proteção extra. As peças podem ser encontradas no site ou na loja, que fica na rua São Cristóvão, 617B, em São Cristóvão.

Tiara do Shop dos Cristais. Foto: divulgação 

A LokalWear (21 99918-6566) está fazendo um bar live de brincos na loja da Aníbal de Mendonça, 108C, em Ipanema. Até 2 de março, a ideia é convidar os foliões a customizar as peças, compondo os acessórios como quiserem. 

Exemplo de modelo que pode ser montado no bar live da LokalWear. Foto: divulgação

A vintage Melissa Disco é o abre-alas da marca de sandálias para a temporada de Momo. Ela chega em duas versões: a Flat, baixinha, e a High, para quem não abre mão do salto. O modelo é uma releitura da Melissa Style, que foi sucesso nos anos 90. 

Melissa Disco High, versão com salto. Foto: divulgação

Os óculos da Chilli Beans também vêm para a festa. Os modelos aparecem com lentes em formato de boca, coração e diabinho. Na cartela de cores, tons divertidos e lentes espelhadas, com efeitos em tons de rosa, azul e verde.

Óculos da Chilli Beans para a folia. Foto: divulgação

A Manolita apresenta pocket collection carnavalesca que celebra a brasilidade por trás da cultura indígena. A inspiração veio da arte plumária praticada pela tribo Guarani, população indígena tradicional da América do Sul. A linha conta com três modelos nas cores amarelo, roxo e pink: a tradicional flat quadrada e dois tamanhos de salto. 

Sandália artesanal da Manolita. Foto: divulgação