Ahlma apresenta parceria com grife jovem de beachwear

Terça-feira 18 Dezembro 2018 / Moda

Coleção 'Slow N' Steady'. Foto: divulgação

Marca do Grupo Reserva comandada por André Carvalhal, a Ahlma une sua expertise em moda orgânica e cruelty-free ao estilo fresco e de pegada surfer da VNTTA, slow fashion das jovens Camilla Malheiros e Rachel Beyruth. O resultado da collab é a coleção "Slow N' Steady", a cara da estação quente, composta por peças básicas e leves que pegam carona no ritmo das ondas.  

A produção foi inteiramente feita com tecidos recuperados e algodão certificado. Os tops, vestidos, shorts, camisetas e bonés podem ser usados ao mar e fora dele. A linha pode ser comprada nas duas lojas físicas da Ahlma no Leblon e no e-commerce.

Coleção 'Slow N' Steady'. Foto: divulgação

Coleção 'Slow N' Steady'. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

Lisht lança coleção solidária no Rio

Quarta-feira 12 Dezembro 2018 / Moda

Pingente da coleção 'Vida': parte da renda será doada ao projeto Pro Criança Cardíaca. Foto: divulgação

No clima de solidariedade que as festividades do fim do ano inspiram, a Lisht, joalheria carioca, criou peças para presentear no Natal que terão parte da renda direcionada ao Pro Criança Cardíaca. Batizada de "Vida", a coleção é composta por sete modelos: três versões de brincos, duas de pingente e duas de gargantilha.  

"É bem diferente comprar algo apenas para ajudar uma instituição ou adquirir uma peça que se tem prazer em usar e presentear. Nossa intenção foi agregar bom gosto a um presente já cheio de significado”, comemora Lisht Marinho, fundador e diretor criativo da label. 

Chocker com pingente que reproduz batimento cardíaco. Foto: divulgação

O trevo da logomarca do projeto social carioca serviu de inspiração para o design da linha, que surge em prata lisa, prata com rubi e é complementada por uma gargantilha estilo choker, cujo pingente reproduz as ondas do batimento de um coração. O Pro Criança Cardíaca soma 22 anos de atuação e desde a fundação, pela cardiologista Rosa Célia, prestou assistência a 10 mil crianças cardíacas carentes, com 27 mil atendimentos ambulatoriais e 1,3 mil procedimentos invasivos, entre cirurgias cardíacas e cateterismos, segundo dados da entidade.

As joias podem ser compradas nas lojas da Lisht por preços que variam entre R$ 125 e R$ 695. Do valor bruto das vendas, 10% serão doados ao projeto social.

Brinco da coleção 'Vida': rubis decoram trevo, inspirado na logomarca do Pro Criança Cardíaca. Foto: divulgação

 

Por: REDAÇÃO DELOOX

NAAI conquista cariocas com aposta em produção consciente e modelagem ampla

Quarta-feira 12 Dezembro 2018 / Moda

Aisha Jacob e Bruna Magalhães, sócias da NAAI. Foto: divulgação

Há 5 anos, Aisha Jacob e Bruna Magalhães deram vida a um desejo cultivado desde cedo e intensificado com os estudos de moda na PUC-Rio: abriram a NAAI, uma label que incorpora o conceito slow fashion. Qualidade e não quantidade, produção consciente, atemporalidade e longevidade são predicativos que fazem parte da tendência em forte alta no mundo inteiro e que viraram pilares na ainda curta, mas consistente história da marca.

"A NAAI nasceu do desejo de fazer diferente e este é um importante convite à transformação. A gente produz roupas que geram bem-estar em quem vende e em quem faz", afirma Aisha. 

A linha atual, batizada de "Flona", pode ser encontrada na loja de Ipanema, que na sexta (14) recebe um happy hour para comemorar o quinto aniversário da grife. Na ocasião, as peças poderão ser compradas com 20% de desconto. A coleção é inspirada na Amazônia do Pará e nos encontros dos rios Tapajós e Amazonas. Flona é o nome dado à Floresta Amazônica e, por isso, o verde surge como cor-chave. As referências são as formas dos encontros dos rios, correntes e as texturas que eles criam.

Modelagens amplas marcam o estilo da label carioca. Foto: divulgação

A grife aposta no design contemporâneo e dá destaque a formas amplas e diferenciadas produzidas em tecidos naturais e nobres. São vestidos e macacões com modelagem amplificada e geométrica em algodão natural e viscose, em uma farta cartela de cores, entre elas diversas nuances de roxo. Além do ponto físico, as vendas também são feitas através do e-commerce.

"A proposta é estimular clientes a estarem atentas ao novo modelo de consumo que o mundo pede e, assim, incentivar que cada produto seja usado por diversas pessoas de um mesmo círculo, que atravessam décadas, como costumava ser. Para isso, produzimos uma coleção por ano, com entrada a cada mês, que traz roupas confortáveis, cheias de memória afetiva, para serem usadas onde e quando cada um quiser", complementa Aisha.

Peça da coleção 'Flona'. Foto: divulgação

Peça da coleção 'Flona'. Foto: divulgação

 

Por: REDAÇÃO DELOOX

A.Niemeyer propõe Réveillon com ares do sertão

Segunda-feira 10 Dezembro 2018 / Moda

Coleção da A.Niemeyer para o fim do ano. Foto: divulgação

A label paulistana A.Niemeyer foi até o sertão recolher inspirações para sua coleção do verão 2019, que acaba de ganhar uma cápsula de Réveillon. Leveza e fluidez dão das cartas na época mais festiva do ano, numa seleção de vestidos, shorts, saias e tops. 

As cores predominantes são branco, amarelo, azul e marrom. Os bordados com fios de corda natural, no espírito artesanal nordestino, também emprestam seu tom às peças. As novidades já chegaram às lojas da marca, como a recém-inaugurada Flagship nos Jardins, em São Paulo, e ao e-commerce do Shop2Gether.

Coleção da A.Niemeyer para o fim do ano. Foto: divulgação

Coleção da A.Niemeyer para o fim do ano. Foto: divulgação

Coleção da A.Niemeyer para o fim do ano. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

Francisca Bastos faz retrospectiva de seus 35 anos na joalheria

Quarta-feira 28 Novembro 2018 / Moda

Francisca Bastos: 'Descobri que joia boa é a que pode ser usada sempre'. Foto: divulgação

Do alto de seus 35 anos de carreira, a carioca Francisca Bastos abre seu atelier em Ipanema, até quinta (29), para comemorar as mais de três décadas na joalheria com uma seleção de hits. A artista, que tem no portfólio peça assinada até para a realeza britânica, celebra o luxo, mas conta que, em tanto tempo de profissão, aprendeu que o valor da joia é proporcional, principalmente, à satisfação que proporciona.   

“Nesses 35 anos, aprendi que a joia mais bonita e mais poderosa é a que dá felicidade, alegria e realização a quem compra, ou ganha. Nem sempre a mais cara é a que deixa a gente mais esfuziante. Descobri que joia boa é a que pode ser usada sempre”, conta a designer Francisca Bastos.

Entre as criações apresentadas, estão a medalha em ouro amarelo desenhada especialmente para o príncipe Albert e outros clássicos da marca, como a pulseira de voltas, cravejada de pedras, como pérolas, e o anel Renda, de linhas art déco em ouro branco e diamantes. Mas novidades também fazem parte da seleção. Ela aproveita a ocasião para lançar a coleção "Orvalho", com argolas e anéis em ouro branco, amarelo e diamantes desiguais.

Peça na seleção comemorativa: bracelete em ouro amarelo e água marinha. Foto: divulgação

Anel em ouro branco e diamantes da coleção 'Orvalho'. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX