Hyundai e Uber revelam novo conceito de táxi voador

Quinta-feira 09 Janeiro 2020 / Máquinas e Gadgets

Táxi voador Hyundai Uber (Foto: The Verge)

A Hyundai lançou um conceito de "carro voador" no início de dezembro, que roubou as atenções no evento Consumer Electronics Show 2020, em Las Vegas. Chamado de S-A1, o conceito de transportador totalmente elétrico foi criado em colaboração com a Uber e com a visão de ser operado como um táxi voador para compartilhamento de viagens aéreas.

Alimentado por várias hélices acionadas por motores elétricos, o táxi voador decolaria e aterrissaria na vertical e levaria até quatro passageiros. De acordo com a montadora sul-coreana, os rotores menores movidos a eletricidade produzirão muito menos ruído em comparação aos helicópteros, o que é crucial para o seu sucesso ser usado como táxi voador em áreas urbanas. O veículo terá velocidade de 289 km/h e altitude que pode variar entre 300 a 600 metros. Embora tenha um único piloto operando a aeronave, a idéia é transformá-la em um transportador completamente autônomo. Ele também apresentará um sistema de implantação de pára-quedas, caso o pior aconteça.

Enquanto a Hyundai produz e implanta a aeronave elétrica, a Uber cuidará das operações, sob a marca Uber Elevate. "A Hyundai é nosso primeiro parceiro de veículos com experiência na fabricação de automóveis de passageiros em escala global", disse Eric Allison, chefe da Uber Elevate. “Acreditamos que a Hyundai tenha potencial para fabricar veículos Uber Air a taxas nunca vistas na indústria aeroespacial atual, produzindo aeronaves confiáveis e de alta qualidade em grandes volumes para reduzir os custos de passageiros por viagem", finaliza o executivo.

Hyundai Uber (Foto: The Verge)

 

Leia mais: Dirigível com cabine cinco estrelas levará passageiros ao Polo Norte em 2023

 

Por: REDAÇÃO DELOOX

Revelada nova geração do Porsche 911 Cabriolet

Terça-feira 15 Janeiro 2019 / Máquinas e Gadgets

Novo Porsche Cabriolet 911. Foto: divulgação

A versão cupê do novo Porsche 911 foi revelada, há cerca de dois meses, no Salão de Los Angeles, mas apenas agora foram divulgadas as imagens do Cabriolet 911, o modelo conversível do automóvel. 

A capota de tecido, um dos principais destaques da novidade, funciona através de um sistema hidráulico e tem estrutura de magnésio, fazendo com que o acionamento seja feito em apenas 12 segundos e a até 50 km/h. 

Novo Porsche Cabriolet 911. Foto: divulgação

O Cabriolet só será oferecido em duas versões, ambas com motor de seis cilindros opostos 3.0 de 450 cv de potência e 54 mkgf de torque. As opções Carrera S e Carrera 4S se diferenciam pela tração: traseira na primeira e integral na segunda. O câmbio é automatizado com dupla embreagem e oito marchas. Segundo a fabricante, são necessários apenas 3,7 segundos para chegar aos 100 km/h na Carrera S, que tem velocidade máxima de 306 km/h, enquanto o 4S leva 3,6 s e tem velocidade máxima de 304 km/h.

Além de mais rápido, o 911 Cabriolet chega ao mercado pela primeira vez com suspensão ativa, com barras estabilizadoras mais rígidas, além de carroceria 1 cm mais próxima do solo.

Novo Porsche Cabriolet 911. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

Rolls Royce sofistica recursos de privacidade para Phantom. Conheça!

Sexta-feira 31 Agosto 2018 / Máquinas e Gadgets

Rolls Royce cria recursos para aumentar a privacidade dos passageiros. Foto: divulgação

Ao longo de 90 anos, o Phantom, da Rolls Royce, tem sido o representante máximo do luxo sobre rodas e chega a 2018 com propostas ainda de maior grandeza. A fabricante inglesa acaba de anunciar a criação da Privacy Suite, com recursos que elevam o já sofisticado nível de privacidade dos passageiros, disponível para o modelo estendido da limousine. O preço não foi revelado, mas o interior foi apresentado durante um motor show na China.    

As partes frontal e traseira da cabine podem ser individualizadas com um simples apertar de botão, que eleva um vidro que separa o condutor dos passageiros, que ainda podem optar pela transparência, para acompanharem a estrada à frente, ou pela opacidade, para quem deseja intimidade absoluta.

A Rolls Royce traz, com a Privacy Suite, um sistema de comunicação entre as cabines, o "Intercom System", e também uma abertura que permite a passagem de documentos e objetos que os ocupantes da suite queiram receber. Cortinas cobrem os vidros laterais. Na traseira, há duas telas de 12 polegadas e ligações HDMI que permitem a ligação de equipamentos pessoais. 

Interior da Privacy Suite. Foto: divulgação

Interior da Privacy Suite. Foto: divulgação

Interior da Privacy Suite. Foto: divulgação

Interior da Privacy Suite. Foto: divulgação

Interior da Privacy Suite. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

Conheça o Bugatti Divo, a supermáquina de 5 milhões de euros

Segunda-feira 27 Agosto 2018 / Máquinas e Gadgets

Bugatti Divo. Foto: divulgação

A Bugatti revelou oficialmente o Divo, a supermáquina da fabricante italiana que tem modelo baseado no Chiron. Foram produzidas apenas 40 unidades do automóvel e todas já estão vendidas. Cada um dos compradores desembolsou 5 milhões de euros para levar seu exemplar para a casa. 

Segundo a empresa, a ideia foi criar um carro com performance nas curvas superior à do Chiron. Por conta disso, ainda que ambos possuam o mesmo motor 8.0 W16 de 1.500 cv, o Divo atinge a velocidade máxima de 380 km/h, contra incríveis 420 km/h do Chiron.

Ainda na comparação, a fabricante anunciou que o novo esportivo traz uma carroceria mais aerodinâmica que o Chiron, capaz de gerar até 90 kg a mais de sustentação negativa e suportar aceleração lateral de até 1,6g. O tempo da tomada de zero a 100 km/h, que é feita em 2,5 segundos por seu "irmão", não foi revelado, mas a Bugatti garantiu que o hipercarro foi capaz de completar o circuito de Nardò, na Itália, oito segundos à frente. 

Além do motor, o Divo traz outros detalhes técnicos de grande destaque, como o sistema de refrigeração dos freios auxiliado pelo vácuo gerado pela cortina de ar nos pneus e o aerofólio traseiro ajustável que funciona como um freio aerodinâmico. Para deixar o Divo 35 kg mais leve que o modelo que o inspirou, a Bugatti apostou em rodas mais leves, retirou porta-objetos, instalou um sistema de som mais leve e eliminou parte do isolamento da cabine.

Bugatti Divo. Foto: divulgação

Bugatti Divo. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

McLaren entrega nos EUA primeiro exemplar do carro que homenageia Ayrton Senna

Segunda-feira 30 Julho 2018 / Máquinas e Gadgets

Frente do McLaren Senna entregue ao empresário Michael Fux. Foto: divulgação

No fim da semana, o magnata Michael Fux se tornou o primeiro norte-americano a receber um dos 500 exemplares do superesportivo McLaren Senna, modelo da fabricante britânica que homenageia o brasileiro Ayrton Senna. O carro foi amplamente customizado pela McLaren Special Operations (MSO), divisão de personalização da marca. Foram necessárias, por exemplo, mais de mil horas de pintura para colorir de verde as 67 peças que compõem a carroceria. 

O interior, também marcado pelo mesmo tom de verde, foi complementado por revestimentos em couro branco a pedido do comprador, que tem uma fortuna avaliada em 170 milhões de euros. Destaque para a parte inferior das portas, que é constituída por vidro, recurso que melhora a visibilidade na pista. 

Interior do McLaren Senna customizado com bancos em couro branco. Foto: divulgação

Primeiro carro assinado pela marca Senna, o McLaren foi desenvolvido para as ruas com o DNA vindo das pistas. A máquina possui 1.198 kg, pode chegar de 0-200 km/h em apenas 6,8 segundos, além de atingir a velocidade de 340 km/h. A ligação entre Senna e McLaren é marcada pelos três títulos mundiais que Ayrton conquistou pela escuderia (1988, 1990 e 1991).

Parte da receita obtida com as vendas será dedicada ao Instituto Ayrton Senna, que promove a melhoria das políticas públicas de educação voltadas a crianças e jovens do Brasil.

McLaren Senna. Foto: divulgação

Detalhe do superesportivo da McLaren. Foto: divulgação

Detalhe do superesportivo da McLaren. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX