Elizabeth Jobim, Ester Grinspum, Renata Tassinari e Célie Euvaldo resgatam o papel como protagonista de diversas técnicas em nova exposição na Mul.ti.plo Espaço Arte, no Leblon, a partir do próximo dia 19. São cerca de 20 obras, de temáticas variadas, distribuídas por duas salas da galeria, tendo como único critério a diversidade e extensão do uso do papel. 

“São obras que fazem da incompletude, da falta e do vazio, uma nova força. Que propõem uma indagação e fazem pensar”, diz Maneco Müller, sócio da Mul.ti.plo.

Ester Grinspum: 'Vermelho'. Foto: divulgação

Na mostra, Ester Grinspum apresenta pinturas a óleo sobre papel recentes e inéditos, de 2017. Sua produção artística, explica Maneco, é identificada por trabalhar a busca pela subjetividade e a relação entre espaços e vazios. 

Com desenhos mostrados pela primeira vez, feitos com nanquim sobre papel chinês entre 1988 e 2011, Célia Euvaldo, por sua vez, trabalha com superfícies mais opacas, monocromáticas, nas quais se vê a presença do corpo e da textura, com pinceladas largas ora na horizontal, ora na vertical.

Obra de Célia Euvaldo. Foto: divulgação

Nas obras de Renata Tassinari em exibição, os visitantes poderão ver planos geometrizados por cores, resultado de uma pesquisa que a artista paulistana faz desde 2003. Inéditos também, os desenhos foram produzidos em 2018 com óleo e grafite sobre papel. Foi a partir das pinturas que já fazia sobre placas acrílicas e sobre madeira que Renata começou a pensar o trabalho com o papel.

Já Elizabeth Jobim partiu da observação de pequenas pedras para criar as obras selecionadas para a exposição, produzidas em acrílica e nanquim sobre papel, entre 2000 e 2004.

“Eles trazem minha percepção das formas, dos ângulos e do espaço e são feitos de várias partes que são colocadas justapostas. Eu desenhava na parede com uma técnica aguada, por isso têm escorridos”", explica a artista.

A mostra fica em cartaz até 4 de maio, de segunda a sexta, das 10h às 18h30, e sábados, de 10h às 14h, com entrada franca.

Trabalho de Renata Tassinari que estará na exposição. Foto: divulgação