Tingir os fios de rosa? Está em alta! Saiba como fazer

Segunda-feira 24 Setembro 2018 / Beleza

Beauty do desfile de Marc Jacobs na NYFW: Zaragoza e seus fios no tom algodão doce

Na passarela da Nova York Fashion Week, encerrada há pouco menos de duas semanas, Marc Jacobs chamou a atenção ao combinar suas criações com cabelos em tons pastéis. As modelos, 37 no total, desfilaram os fios tingidos em nuances diversas, mas chamou a atenção o tom de algodão doce da top Zaragoza, usado para harmonizar com o casaco superdimensionado que vestia.   

No desfile da Ashley Williams, os penteados inspirados em trolls também se encaixaram bem com as nuances rosadas. Já a Nicopanda investiu nos fios rosas para trazer ainda mais cor ao desfile. De olho na tendência, até o Snapchat adicionou um novo filtro de cabelo rosa.

Se a vontade de mudar bateu, a orientação é aproveitar o momento. “As cores fantasia em tons pastéis estão bem fortes. É uma ótima oportunidade de mudar radicalmente, mas não deixa de ser uma cor delicada e feminina”, comenta Bruno Moura, colorista do Fernando Torquatto Studio, no Rio de Janeiro.

Nicopanda na NYFW

Para aderir à tendência, Bruno conta, é possível usar tonalizante ou tinta, o que vai depender do tom de base dos fios e da disponibilidade para retoques. Para quem não quiser se comprometer com o rosa de vez, a alternativa é apostar nos sprays temporários, que saem após a lavagem, e podem ser uma oportunidade de experimentar e descobrir se irá se adaptar.

“Já no caso da tinta e do tonalizante, o cabelo precisa estar bem descolorido para recebê-los, por isso o processo é mais fácil para as loiras. Quanto mais escuro for o tom natural, mais agressivo será o procedimento, então é fundamental que o cabelo esteja saudável e bem nutrido”, explica.

O cuidado deve ser reforçado após o tingimento, mesmo se o cabelo já for claro, para que a cor permança bonita e dure mais tempo. “É preciso hidratar semanalmente e retocar todo mês no salão. No dia a dia, é bom evitar lavar todos os dias e o contato com cloro, usar shampoos especiais para cabelos tingidos e leave-in com proteção solar”, recomenda Bruno Moura.

Look do desfile Ashley Williams na NYFW

Por: REDAÇÃO DELOOX

Guerlain apresenta cases para customizar linha luxuosa de batons

Quinta-feira 09 Agosto 2018 / Beleza

Cases e batons da Guerlain permitem mais de 300 combinações. Foto: divulgação

Na trilha da customização, a maison Guerlain acaba de lançar uma inédita seleção de cases luxuosas para o Rouge G. A linha de batons, que vêm com um duplo espelho integrado, ganha 15 cases que, associadas à grande quantidade de cores disponíveis, permitem mais de 300 combinações. Entre os destaques, estão a embalagem tradicional em ouro branco prateado, batizada de "O Original", a "French Mademoiselle", pontilhada com design suíço, e a Miami Glam, uma edição limitada em couro rosa que a marca dedica a colecionadores. 

Rouge G ganha 15 modelos de case. Foto: divulgação

Rouge G vem com espelho duplo integrado. Foto: divulgação

Rouge G + case. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

Quer aderir ao 'loiro sueco' para o próximo verão? Fil Freitas mostra como

Segunda-feira 18 Junho 2018 / Beleza

Análise cromática da pele e dos fios naturais garante o sucesso de nova técnica para loiras de Fil Freitas. Foto: divulgação

Em busca do "loiro perfeito", o hairstylist Fil Freitas, querido de uma turma que inclui Mariana Ximenes e Preta Gil, desenvolveu uma nova técnica com pinta de hit da próxima estação quente, batizada de Loiro Sueco. O processo, segundo ele, leva cerca de 7 horas: é feita uma adequação dos fios a quatro mãos para, então, serem aplicadas as luzes, utilizando tanto papel quanto free hand, assinatura do seu trabalho.

No comando do Fil Haïr & Expérience, em Ipanema, o hairstylist acredita que o sucesso do resultado está na análise cromática da pele e dos fios naturais, permitindo que seja feito o diagnóstico exato da cor da coloração que deverá ser utilizada. Ainda que desejo absoluto, o Loiro Sueco não funciona para todos os perfis, ele alerta: "Esse tom combina com peles mais branquinhas e rosadas, que pedem um loiro mais claro. O loiro sueco é um pedido antigo de clientes, mas agora consegui atingir uma coloração que preserva o look mais natural e o contraste, características que eu tanto valorizo".   

As morenas que quiserem fazer uma mudança mais radical também podem apostar na técnica. 

"O importante é aliar o tom dos fios com o da pele. Então, sim, super pode funcionar para morenas se estiver de acordo com análise cromática, que elaboramos aqui no salão mesmo. O importante para as morenas é manter a raiz um pouco mais escura, garantindo o contraste", explica o hairstylist.

A manutenção da cor deve ser feita no salão de 2 a 3 vezes no ano. Para conservar o cabelo saudável, alguns cuidados podem ser tomados em casa mesmo.   

"O ideal é intercalar uma máscara que dê força ao cabelo com outra de hidratação", orienta ele.  

Por: REDAÇÃO DELOOX

Louboutin vai inaugurar nail bar em Paris

Terça-feira 29 Maio 2018 / Beleza

Louboutin vai inaugurar nail bar em Paris. Foto: divulgação

A Louboutin terá um nail bar para chamar de seu. No dia 17 de junho, a maison vai inaugurar a nova empreitada no hotel Mandarin Oriental, em Paris. O espaço vai ficar aberto até o dia 7 de julho. Para fazer as duas mãos e degustar dois drinks, as interessadas terão que desembolsar € 120.

A equipe do bar do hotel criou drinks exclusivos e inspirados nas cores dos esmaltes da Louboutin: o laranja L’Escatin (com cenoura, abacaxi, licor de pêssego e gengibre); o rosa Bengali (com vodca, limão e purê de framboesa); e o azul Baraboum (com curaçao, vodca, licor de flor e champanhe).

Drink feito Mandarin Oriental para o Nail Bar. Foto: divulgação

Por: REDAÇÃO DELOOX

Dermatologista Bruna Bravo indica tratamentos ideais para o outono

Terça-feira 15 Maio 2018 / Beleza

Bruna Bravo recomenda outono para quem quer fazer procedimentos estéticos mais pesados. Foto: divulgação

Com a mudança de estação, mudam também os tratamentos e procedimentos dermatológicos para pele e rosto. A entrada do outono dá início à temporada mais indicada para se investir em terapias mais fortes, já que, de acordo com a dermatologista Bruna Bravo, a radiação solar é menor e as chances de manchas acontecerem em caso de exposição solar são reduzidas. 

Mestre em Medicina pela UFRJ e chefe do Ambulatório de Cosmiatria do Instituto de Dermatologia Professor David Azulay, da Santa Casa de Misericórdia do Rio, a médica, que comanda clínica própria no Leblon, elege a estação como favorável, por exemplo, para quem deseja fazer depilação a laser na virilha, axilas, meia perna e face. Ela explica que o procedimento deixa a região sensível e, por isso, o ideal é que a pessoa evite se expor ao sol durante esse intervalo. 

Outro tratamento que pode ser potencializado durante a temporada é o laser de CO2 fracionado. Também bastante procurado por homens, ele é recomendado pela médica para atenuar rugas profundas e cicatrizes de acne.

“O procedimento atinge uma camada mais profunda da pele para promover a descamação, a renovação das células e a estimulação da produção de colágeno. Porém, a derme fica sensibilizada e forma uma casca até a cicatrização. Por isso, pedimos que os pacientes fiquem um mês sem tomar sol”, diz a especialista, também membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).

A estação favorece a realização de peelings. Foto: banco de imagens

Já estrias, manchas e flacidez podem ser tratadas com a luz intensa pulsada. Segundo Bravo, o procedimento gera calor e atua em vários níveis da pele. “Ele é indicado não só para manchas e vasinhos mais superficiais. Funciona também para as rugas e a flacidez da pele, já que estimula a produção de colágeno”, explica. Quem se submete à luz intensa pulsada deve ficar 30 dias sem se expor ao sol.

O peeling para tratar manchas e cravos também é favorecido com a radiação solar mais amena.  

“Ele é feito via microincisão de medicamentos por agulha, com clareadores, vitamina C e antioxidantes. Recomendamos que o paciente fique longe do sol por um mês", afirma.

Por: REDAÇÃO DELOOX