Agatha Moreira é uma das personalidades que apostaram nos cabelos curtos.

Lavou, secou ao natural, saiu. Os cabelos curtos nunca foram tão desejados, a praticidade costuma ser o requisito número um para quem adere ao estilo. Bom também é que os curtinhos ainda têm uma dose extra de charme, com um vasto menu de tipos de corte que valorizam o rosto e rejuvenescem.   

Agatha Moreira, Jennifer Lawrence, Flavia Alessandra e Katy Perry são nomes na lista de frente dos curtos poderosos. Felipe Feitosa, hairstylist, visagista e make-up artist do Care Body and Soul, de Ipanema, conta que em sua cadeira a demanda só cresce, um movimento que, segundo ele, se intensificou com o sucesso da cantora Dua Lipa e não parou mais.

Felipe Feitosa é hairstylist, visagista e make-up artist do Care Body and Soul de Ipanema (Foto: Divulgação)

"Só quem já teve cabelos longos sabe a dificuldade, o custo e o trabalho de manter sempre bonito, sedoso e hidratado. Com os cabelos curtos, o gasto de produtos e de tempo é bem menor", comenta Feitosa.

Para ele, outra vantagem é a diminuição da aparência de idade. "Muitas mulheres usam este artifício para criar looks mais descontraídos e modernos, usando pontas repicadas e até o clássico chanel", diz.

Quer saber se você combina com o estilo? O visagista dá dicas:

Franjas diagonais são recomendadas para rostos quadrados.

Rosto quadrado

Para rostos quadrados, especialmente com as testas mais proeminentes, a melhor solução sempre é deixar franjas diagonais.

Rosto triangular

Para as faces triangulares, o importante é suavizar um pouco os traços acentuados da parte inferior do rosto. Pode ser feito com franja com caimento mais em diagonal.

Katy Perry também aposta em cabelos curtos.

Rosto oval

Esse formato é o coringa dos cabelos curtos, podendo criar várias possibilidades e usar e abusar das franjas, arrepiados e outros truques. 

Rosto redondo

A dica para cabelos curtos em rostos redondos é mantê-los realmente curtos, com no máximo uma franja longa. Use e abuse dos repicados, pois eles suavizam os traços e não passam aquela impressão de inchaço, que acontece muito facilmente ao usar um corte mais “tigelinha” ou chanel.